Projetos e Parcerias

Projetos

 

  • Horta Biológica/Pomar/Alimentação Consciente

É nosso objetivo aumentar a experiência prática e sensorial na ligação com a Natureza através do contato entre as crianças/alunos e as espécies agrícolas que utilizamos na nossa alimentação.
A Horta Biológica e o Pomar apresentam um conjunto de atividades de educação ambiental. Não se pretende apenas trabalhar a jardinagem, mas também aprender sobre normas de higiene, boas e más condutas alimentares, condições metereológicas e sobre o mundo que nos envolve, ganhando conhecimentos sobre a fauna, a flora e sobre o equilíbrio do ecosistema.

A Horta Biológica/Pomar tem por objetivo:

  • Promover a conexão com a Natureza;
  • Dinamizar os espaços exteriores da escola;
  • Disponibilizar a experimentação de diferentes culturas e formas de germinação;
  • Observar e investigar o desenvolvimento das sementes, árvores e plantas;
  • Preparar receitas e momentos de degustação dos alimentos semeados, cultivados e colhidos;
  • Aprender sobre a Gestão e Poupança de Recursos Naturais como a água, insetos e biodiversidade.

 

 

 

  • Programa Eco-Escolas

No ano letivo de 2012/2013, o Colégio Penas Real, reuniu todas as  condições  para efetuar a sua inscrição no programa Eco-Escolas.

O Eco-Escolas é um programa vocacionado para a educação ambiental e para a cidadania, que é implementado em vários países da Europa desde o início dos anos 90. Destina-se fundamentalmente às escolas e visa encorajar ações e reconhecer o trabalho desenvolvido pela escola em benefício do ambiente.

A proposta às escolas consiste na adopção de uma metodologia de trabalho que, articulando atividades de exploração de diversos temas, contribua para uma melhoria global do ambiente da escola e da comunidade. Este esforço é reconhecido através da atribuição de uma Bandeira Verde, que certifica a existência de uma educação ambiental coerente e de qualidade.

Foi lançado o convite a toda a comunidade educativa para integrar o Conselho Eco-Escolas do Colégio Penas Real. Os elementos integrantes apresentaram-se  cheios de vontade de implementar aliciantes projetos.

Anualmente, o Conselho Eco-Escolas inicia as suas funções realizando a Auditoria Ambiental ao  Colégio.

A Auditoria Ambiental consiste na realização de uma análise abrangente de todas as atividades do Colégio com impacto sobre o Ambiente (recolha de resíduos, utilização de água e energia, espaço interior e exterior - ruídos e recreios - a política de aquisições, transportes utilizados pela comunidade educativa e aspetos sobre a política ambiental).

A Auditoria Ambiental é realizada pelos alunos pertencentes ao Conselho Eco-Escolas sobre a supervisão de um adulto responsável.

O 2º passo do Conselho Eco-Escolas é elaborar o Plano de Ação para o ano letivo em vigor. O Plano de Ação, deve ser realizado com base na Auditoria Ambiental que refere as áreas a melhorar.

Este Plano contempla os objetivos, as ações e respetiva calendarização bem como os responsáveis pela sua execução. Todos estes processos são monitorizados para que se possa fazer uma avaliação dos progressos alcançados.

Aquando da adesão ao programa, o Conselho Eco-Escolas, juntamente com a direção do Colégio Penas Real, concebeu a Carta Ambiental adequada à realidade do Colégio e que estabelece os principios ambientais que toda a comunidade escolar deve seguir.

O Colégio Penas Real, nos seus anos de implementação do programa Eco-Escolas, foi distinguido com a Bandeira Verde atribuída às escolas que cumpriram a metodologia do Programa.

Uma escola reconhecida com a Bandeira Verde Eco-Escolas demonstrou ter seguido a metodologia proposta dos 7 passos (Conselho Eco-Escolas, auditoria ambiental, plano de ação, trabalho curricular, monitorização e avaliação, envolvimento da comunidade e eco-código).

Esta bandeira funciona como um certificado de qualidade ecológico dado pela entidade Eco-Escolas – certifica que o nosso Colégio demonstrou preocupações com a sustentabilidade, tendo agido em consonância através das atividades realizadas por toda a comunidade escolar.

Temos as bases necessárias para um Eco-Ensino!

Visite-nos em https://www.facebook.com/colegiopenasreal

 

  • Galinheiro

A criação de um galinheiro no espaço exterior do nosso Colégio, prendeu-se com o senso de responsabilidade e de respeito ao meio ambiente que pretendemos passar aos nossos alunos.

Tal como a horta, o galinheiro possibilita desenvolver atividades interdisciplinares em todas as áreas.

O galinheiro tem como objetivos:

  • Estimular a autonomia e a responsabilidade - Cuidar da limpeza do espaço envolvente e cuidar da sua alimentação
  • Desenvolver competências a nível social e de comunicação não-verbal – Realizar atividades conjuntas com um objetivo único e final
  • Desenvolver o vínculo afetivo e aprender a lidar com diversos sentimentos - A partir da convivência com animais, os alunos desenvolvem a sensibilidade, a observação, a compreensão e os sentimentos de solidariedade, generosidade, zelo, afeto, carinho e respeito.

 

  • Projeto de Matemática

O ensino da Matemática na Creche e na Educação Pré-Escolar:

As docentes de Creche e Pré-Escolar, no processo do ensino da matemática, utilizam o modelo pedagógico João de Deus.

As principais conceções educacionais deste método são as seguintes:

  • A educação deve basear-se na evolução natural das atividades da criança.
  • A criança não deve ser iniciada em nenhum novo assunto enquanto não estiver madura para ele.
  • O verdadeiro desenvolvimento advém de atividades espontâneas.
  • Na educação inicial da criança, o brinquedo é um processo essencial.
  • Os currículos das escolas devem basear-se nas atividades e interesses de cada fase da vida da criança.

 

Pretendemos que as crianças interajam com a matemática de uma forma concreta através do uso e manipulação de materiais didáticos e manipuláveis, designadamente os Calculadores Multibásicos, os Dons de Fröebel, o Material Cuisenaire, o Tangram, o Geoplano, os Blocos Lógicos e os Poliminós.

Os materiais manipuláveis são considerados recursos, instrumentos, estratégias de ensino e meios de aprendizagem, que, com a sua utilização e através da exploração, experimentação e manipulação, não só facilitam o desenvolvimento e formação de capacidades, atitudes e destrezas na criança, como também vão contribuir para o seu raciocínio e comunicação na área da matemática. Além disso, permitem ainda desenvolver valores, promover atividades lúdicas, estimular a iniciativa e a criatividade, favorecendo um trabalho de interação e despertando, simultaneamente, o espírito de tolerância nas atividades de grupo.

Na Creche e na Educação Pré-Escolar, a matemática representa uma das áreas fundamentais para o desenvolvimento das crianças, nomeadamente a nível da compreensão do mundo e da estruturação do pensamento, bem como do raciocínio e do incremento de capacidades relacionadas com a resolução de problemas.

A meio do ano letivo cada Educadora dá uma aula de demonstração para pais e encarregados de educação ficarem a conhecer os materiais utilizados na sala, que estão cientificamente relacionados com a idade, e os estádios de desenvolvimento das crianças. Os pais têm ainda oportunidade de apreciar o nível de evolução apresentado pelos seus filhos.

 

O ensino da Matemática no 1.º Ciclo do Ensino Básico:

A matemática é uma das ciências mais antigas, tendo ocupado, ao longo dos tempos, um lugar de relevo no currículo. Mas a matemática é, também, uma linguagem que nos permite elaborar uma compreensão e representação do mundo. Poderemos considerá-la um instrumento que nos proporciona formas de agir para resolver problemas que se nos deparam, no nosso dia-a-dia, como também, prever e controlar os resultados das ações que realizarmos.

No 1.º Ciclo do Ensino Básico, damos continuidade à utilização dos materiais manipuláveis utilizados na Educação Pré-Escolar, quando se introduzem os diversos temas do currículo, começando-se por um tratamento experimental e concreto e caminhando-se faseadamente para uma conceção mais abstrata e sistematizada dos diferentes conteúdos e procedimentos.

O ensino da Matemática, no1.º Ciclo do Ensino Básico, é orientado por duas finalidades:

1 – Promover a aquisição de informação, conhecimento e experiência em Matemática;

2 – Desenvolver atitudes positivas face à Matemática e a capacidade de apreciar esta ciência.

Todas as aprendizagens realizadas, na área da matemática, têm como referência o novo Programa da Matemática e as Metas Curriculares, da disciplina, que os alunos devem atingir durante o Ensino Básico.

Jogos Matemáticos no 1.º Ciclo do Ensino Básico:

O jogo é um tipo de atividade que alia raciocínio, estratégia e reflexão com desafio e competição de uma forma lúdica muito diversificada. A prática de jogos, em particular dos jogos de estratégia, de observação e de memorização, contribui de forma articulada para o desenvolvimento de capacidades matemáticas e para o desenvolvimento pessoal e social de cada criança.

Uma das grandes novidades do Colégio será a inclusão dos Jogos Matemáticos nas atividades letivas, realizados quinzenalmente em contexto de sala de aula, sob orientação da Docente de Matemática do 2.º Ciclo e das Professoras Titulares de cada turma.

Os jogos matemáticos que os alunos podem praticar no Clube são, além de tudo, uma forma de estimular entre outras competências, a resolução de problemas, o raciocínio, o cálculo mental, a definição de estratégias no jogo, a comunicação matemática, a concentração, o respeito pelas regras, e a articulação de vários saberes que são reconhecidamente importantes para o desenvolvimento do pensamento matemático.

 

  • Projeto de Leitura no 1.º CEB

De acordo com Jacinto do Prado Coelho, “não há disciplina mais formativa que a do ensino da literatura. Saber idiomático, experiência prática e vital, sensibilidade, gosto, capacidade de ver, fantasia, espírito crítico, a tudo isso faz apelo à obra literária, tudo isto o seu estudo mobiliza.”

Esta citação descreve claramente a importância da leitura nas nossas escolas. Por meio da literatura, o aluno satisfaz as suas necessidades, sendo-lhe permitido assumir uma atitude crítica em relação ao mundo, o aluno que lê desenvolve o espírito crítico e melhora, consequentemente o seu vocabulário e escrita.

Na realidade ainda existem crianças com poucos hábitos de leitura, que ainda desconhecem o prazer de ler, de descobrir, de “se aventurar numa história”.

Neste sentido, podemos dizer que o docente tem um papel fulcral na formação de leitores literários. Deverá suscitar no aluno a curiosidade, a abertura ao desconhecido e à descoberta. Deverá fornecer-lhes diferentes tipos de leitura e suportes comunicativos, mostrando-lhes assim, que a mesma é portadora de conhecimentos plurais que potencia a comunicação interpessoal e o prepara para o exercício da cidadania.

Sendo a literatura tão importante para a formação integral da pessoa foi criada uma lista de obras e textos literários para o Ensino Básico, de forma a existir um currículo mínimo comum de obras literárias de referência para todos os alunos. Assim, sugere-se que para além da lista de obras e textos anexa às Metas, os docentes escolham outros que tenham em conta as especificidades de cada turma.

OBJETIVOS GERAIS:

  • Promover a leitura autónoma;
  • Formar Leitores;
  • Desenvolver a Escrita Criativa;
  • Promover a Inter e a Multidisciplinaridade;
  • Promover o gosto pela leitura.

 

BIBLIOTECA DE SALA DE AULA

No âmbito deste Projeto irá ser criada uma pequena Biblioteca na sala de  aula, permitindo que todos os livros adquiridos possam ser lidos por todos os alunos. Contudo, poderão, se assim o desejarem, ler outros livros/obras.

Uma curiosidade:

No nosso Colégio, a abordagem comum que as Docentes fazem na aprendizagem à Leitura e à Escrita no, 1.º Ano de Escolaridade, é desenvolvida a partir do Método Fonomímico Paula Teles. É um método Fonético e Multissensorial de desenvolvimento das competências fonológicas, de ensino e reeducação da leitura e da escrita.

Este método permite às crianças iniciar a aprendizagem da leitura e da escrita mediante a realização de atividades lúdicas, atrativas e divertidas. Os alunos observam as imagens de cada “Animal-Fonema”, ouvem e cantam as suas “histórias-cantilenas” e mimam os respetivos gestos. Assim, descobrem com prazer e entusiasmo a relação entre os sons da linguagem oral e as letras do alfabeto e, de degrau em degrau, vão progredindo nas competências da leitura e da escrita.

Todavia, é importante referir que, caso se mostre necessário, podem usar-se outros métodos de introdução à leitura e à escrita, que substituam ou complementem o método Fonomímico, de acordo com as características dos alunos.

 

  • Projeto de Educação para a Saúde (PES)

O projeto “Educação para a Saúde” será levado a cabo no Colégio Penas Real, de acordo com as indicações do Ministério da Educação.

A saúde é um conceito positivo, um recurso quotidiano que implica “um
estado completo de bem-estar físico, social e mental e não apenas a ausência de doença e/ou enfermidade”
(OMS, 1993).

OBJETIVOS  ESTRATÉGICOS DO PES:

  • Promover a educação para a Saúde em meio escolar.
  • Alertar a comunidade escolar para uma alimentação saudável e prática de exercício físico e informar os alunos sobre as doenças associadas a uma deficiente nutrição.
  • Promover a consciência ambiental nos alunos.
  • Reconhecer que a Saúde é um bem precioso que se deve estimar.
  • Melhorar o estado de saúde global dos alunos ajudando-os na tomada de decisões.
  • Sensibilizar os alunos para as relações de afetividade no contexto de Educação Sexual.

 

  • E- Blocks

Informática aliada à matemática, língua portuguesa e inglês

No nosso Colégio, crianças e alunos, têm a possibilidade de, desde a sala 2, utilizar a mesa educacional E- Blocks na aquisição de aprendizagens de uma forma multissensorial, motivadora e colaborativa, bem como no reforço de múltiplos conceitos de uma forma interativa

Esta mesa tem de ser conectada a um computador que executa o software de atividades e é composta por um módulo eletrónico onde são encaixados blocos com letras maiúsculas e minúsculas, palavras, números, cores e figuras. O software contém imagens, músicas, animações e jogos que estimulam a participação da criança em atividades lúdicas e interativas.

O software E-Blocks permite:

  • Estimular a aprendizagem por meio da interação e colaboração;
  • Promover o contato direto e interativo com os conteúdos;
  • Desenvolver as competências cognitivas, psicossociais e motoras (motricidade fina);
  • Desenvolver a aprendizagem multissensorial (aprende-se vendo, ouvindo e fazendo);
  • Seguir os princípios do método de aprendizagem TPR (Total Physical Response).
  • Promover o trabalho colaborativo e o desenvolvimento social;
  • Desenvolver a linguagem e a troca de ideias;
  • Trabalhar em pequenos grupos (aconselha-se o máximo até 6 crianças);
  • Dar resposta a estímulos e a questões em diferentes níveis de dificuldade;
  • Desenvolver o estímulo intelectual (incentivar o pensar, o refletir e a resolução de problemas);
  • Realizar um trabalho intuitivo através da autocorreção por parte dos utilizadores;
  • Prender a atenção das crianças e alunos através do seu software atrativo e cativante.

 

 

Parcerias

 

Estabelecemos um protocolo com a Clínica Médico-Dentária Nossa Sr.ª da Atalaia.

Esta clínica presta serviços de saúde principalmente nas áreas da Medicina e Medicina Dentária, e também nas especialidades de clínica geral, otorrinolaringologia, psiquiatria, urologia, ginecologia e obstetrícia, terapia da fala, psicologia, pediatria, osteopatia, acupunctura, podologia, cardiologia, nutrição, psicomotricidade, dermatologia.

No âmbito do protocolo estabelecido, a Clínica Médico-Dentária Nossa Senhora da Atalaia compromete-se a conceder aos alunos e trabalhadores do Colégio Penas Real, em relação à tabela de honorários aplicável ao público em geral, diversos descontos em todas as consultas de especialidade, em consultas de medicina dentária, tratamentos dentários e branqueamentos, próteses fixas e removíveis, implantes e ortodontia e em exames complementares (radiografias digitais, timpanograma e audiograma).

São ainda promovidas diversas atividades e workshops no âmbito da parceria com a Clínica Médico-Dentária Nossa Sr.ª da Atalaia.

 

Estabelecemos um protocolo com a ALQUIMIA DOS SABORES.

A Alquimia dos Sabores é uma pequena empresa situada na freguesia do Poceirão, que se dedica à produção de doces, compotas, licores...

A Alquimia apresenta um novo conceito, para além dos doces confeccionados com fruta, introduziu alguns legumes e especiarias, criando assim novos paladares e texturas.

A confecção é feita de forma artesanal, sem corantes nem conservantes. Toda a fruta/legumes são de produção própria onde não são utilizados pesticidas, herbicidas nem adubos.

A todos os funcionários do colégio bem como pais de alunos do mesmo, em compras de valor igual ou superior a 25€ a Alquimia compromete-se a efectuar um desconto de 10%.